Top 10 de erros de marketing em redes sociais

 

Por Carla Bordin

543833_516137901788196_2128570137_nAs empresas estão investindo cada vez mais nas redes sociais, Isso porque, através delas, podem apresentar (e consolidar) sua marca com um custo quase irrelevante se comparado ao das mídias tradicionais. No entanto, é preciso estar preparado para não colocar sua imagem em jogo.

Todo mundo erra e é possível aprender com as falhas alheias, certo? Sendo assim, seguem os erros de marketing mais comuns cometidos pelas companhias na era da web 2.0.

1. Não ter estratégia definida

Não basta ter uma conta no Twitter ou uma Fanpage para conquistar clientes. Soa um tanto óbvio, não? Porém, muitas empresas ainda pensam que sua mera presença nas redes sociais será sinônimo de sucesso. Ledo engano. Se não houver um plano de marketing bem elaborado e metas a serem seguidas, sua marca será apenas “mais uma” e, sem planejamento estratégico, ainda correrá o risco de ser prejudicada.

2. Não dar atenção ao clientes

Os comentários de seus fãs e seguidores indicam a qualidade dos produtos e serviços que oferece. Desta forma, se não der ouvidos ao que sua audiência diz, estará minando suas chances de se ter êxito nas mídias sociais. A interação e a socialização são as regras de ouro deste “novo meio”.

3. Não ser realista

Não é porque no “universo online” tudo ocorre de forma rápida que os resultados para sua companhia acontecerão da mesma maneira. Portanto, não crie expectativas ilusórias. Dê tempo ao tempo.

4. Não ser consistente

Postar vinte vezes em um só dia e depois ficar mais de uma semana sem inserir uma informação é uma falha considerável. Ser consistente é fundamental para envolver e engajar fãs. Sendo assim, elabore uma frequência padrão de posts, analisando, é claro, o seu tipo de audiência.

5. Postar só sobre “si”

O conteúdo de muitas Fanpages se restringe apenas a seus produtos e serviços “maravilhosos”. Será que é isso que seu público-alvo deseja? Se alguém já curtiu sua página no Facebook e o segue no Twitter, é sinal de que já o admira. Logo, que tal compartilhar informações relevantes e engraçadas (que tenham a ver com seu nicho de mercado, mas que não sejam especificamente sobre sua empresa)?

Ah, outro ponto a ser destacado: No Twitter, não dê RT aos elogios recebidos. Apenas agradeça. Deixe o narcisismo de lado, por favor!

6. Estar em todas as plataformas só para “acompanhar a moda”

Não é preciso estar em todas as mídias sociais para conquistar e fidelizar. Talvez seu serviço não combine (ainda) com o Pinterest, por exemplo. Então, por que forçar? Foque-se nas redes mais adequadas para seu negócio, com um bom plano de marketing já estabelecido.

7. Não revisar textos

Sim, a comunicação na web 2.0 deve ser mais ágil. Entretanto, inserir textos com erros absurdos de português é uma prática quase imperdoável. Não custa nada revisar, não é mesmo? Afinal, este tipo de falha resulta em péssima publicidade.

8. “Espalhar” spam para seguidores

Lançou um produto? Está realizando uma mega promoção? Nada mais justo do que “avisar” seus seguidores. Contudo, twittar mais de cinco vezes ao dia sobre o mesmo assunto fará com que muita gente aperte o botão unfollow.

9. Perder a concorrência de vista

Além de monitorar seu próprio desempenho, é essencial acompanhar a concorrência. Logo, você se tornará apto a identificar tendências e a reconhecer “erros e acertos”.

10. Não ter personalidade

É muito importante ter carisma neste meio. Então, como dito anteriormente, utilize o bom humor e a linguagem informal nas redes sociais (de maneira comedida, é claro). Ou seja, humanize sua companhia. A presença meramente burocrática na web 2.0 não é nada atrativa. Por isso, é essencial criar uma personalidade para sua marca.

Fonte: www.pontomarketing.com