Nestlé vende bebida Alpino que não contém Alpino

RICARDO GALLO

A embalagem é dourada, como a do Alpino. Tem a imagem de um bombom, como o Alpino. Até o nome está lá, idêntico. Mas o Alpino Fast, versão para beber do famoso chocolate da Nestlé, não tem Alpino.
Foi o que bastou para deflagrar uma polêmica que colocou a Nestlé na mira do Ministério Público, do Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) e de órgãos de defesa do consumidor.
O principal argumento é que o produto induz o consumidor a erro, por não ter o bombom. A empresa se defende com uma inscrição na embalagem. Em letras miúdas, o aviso diz: “Não contém chocolate Alpino”.

A informação, porém, não consta dos anúncios da bebida, lançada há três meses.
A Promotoria de Defesa do Consumidor do Rio de Janeiro estuda entrar com ação na Justiça contra a Nestlé ou obrigar a empresa a mudar a embalagem e/ou a composição.

O caso está sob investigação, disse o promotor Júlio Machado. Segundo ele, o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, ligado ao Ministério da Justiça, também abriu procedimento sobre o tema.

Já o Conar abriu representação para apurar eventual erro na publicidade do produto –a embalagem é considerada propaganda. Ainda não há data para o julgamento ocorrer. Se condenada, a Nestlé terá de modificar a embalagem.
Outro lado

A Nestlé disse que o Alpino Fast é feito com ingredientes que lhe conferem “sabor similar” ao do chocolate Alpino.

Não foi possível, porém, criar uma bebida que fosse exatamente a versão derretida do Alpino, em razão de os produtos terem “processos produtivos diferentes”, disse a empresa.

Segundo a Nestlé, o Alpino Fast foi aprovado em pesquisa feita entre 2008 e 2009 com consumidores frequentes do bombom.

“Os resultados asseguraram que as características da bebida foram relacionadas à marca Alpino, tendo revelado que a grande maioria dos consumidores reconheceu na bebida o verdadeiro sabor do chocolate Alpino.”

Sobre a inscrição “Este produto não contém Alpino”, contida na embalagem em letras pequenas, a Nestlé disse que a incluiu em consideração à “transparência da comunicação com o consumidor, em especial aquele que, eventualmente, tivesse a expectativa de que o produto fosse simplesmente chocolate Alpino derretido e engarrafado”.

A Nestlé não informou quantos Alpino Fast já vendeu. O produto custa na faixa de R$ 2,50 –a publicidade mira principalmente o público na faixa dos 18 anos.

Fonte: Folha de São Paulo

Anúncios

Uma resposta em “Nestlé vende bebida Alpino que não contém Alpino

  1. Eu comprei uma quantidade desta Bebida em promoção em uma determinada loja. Não gostei, meu filho não quiz e ficou muito chateado pelo sabor da bebida não chegar nem perto do Alpino. Agora a Nestlé comunicar que o Tal Alpino Fast, foi aprovado por consumidores, eu pergunto: ” Que consumidores? Foi os colaboradores da Fàbrica?”
    Talvez a quantidade em promoção, foi justamente por ter estourado que a bebida não tem Alpino.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s