Inclusão Digital

2bbih42.jpg Quando o nosso planeta, pela primeira vez, foi chamado de aldeia global, o célebre autor desse conceito, Marshall Mcluhan, tinha diante dos olhos apenas equipamentos analógicos e os primeiros modelos de computador. Não viveu o suficiente para conhecer as novas tecnologias e ver o quanto o mundo, de fato, se tornou pequeno. Mas, profético, Mcluhan já enxergava a máquina como extensão do corpo e apontava o mecanismo dessa simbiose. “Os homens criam as ferramentas e as ferramentas recriam os homens”, dizia o professor canadense, observando que os instrumentos influenciam nossas idéias e comportamentos, mas, ainda que sofisticados, não são capazes, por si só, de criar consciência, consolidar aprendizagens ou melhorar as relações humanas.
Somos os campeões, sim, em horas navegadas na Internet, mas a maioria dos brasileiros desconhece o potencial da sociedade digital e de que modo ela pode proporcionar a todas as pessoas o exercício da cidadania plena.
Faltam-nos não somente políticas públicas de inclusão digital e investimentos em infra-estrutura tecnológica, mas a adoção de um modelo de inclusão que propicie às comunidades de baixa renda habilidades de manejo crítico da tecnologia.
Estamos distantes, ainda, de uma verdadeira cultura digital; o computador não está incorporado ao ambiente escolar, doméstico e empresarial brasileiro, e nem é utilizado para fins de reflexão e formação de uma inteligência coletiva. Somos mais consumidores do que produtores e difusores de conteúdo, num desperdício de aprendizados que contribuiriam para pensar os problemas do País.

Acredito ser possível adotar um novo relacionamento com o universo das tecnologias, capaz de promover a cidadania, ampliar oportunidades nesse campo e tornar nossas conquistas patrimônio de toda a nação. Para chegarmos lá, o conhecimento deve ser visto e tratado como produto de excelência, estratégico para o desenvolvimento do País. E as ferramentas tecnológicas, por sua vez, usadas com responsabilidade, discernimento e sentido social.

Fonte : Portal da Comunidade

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s